Implantes Dentários

Serviços » Implantes Dentários

Casos Implantes Dentários

Clínica de Implantologia em Lisboa 

A perda de um dente definitivo deve ser sempre reposta para assegurar a manutenção do equilíbrio, estética e a função do seus dentes.

Se perdeu um ou mais dentes os Implantes dentários podem rejuvenescer o seu sorriso e ajudá-lo a manter uma boa saúde oral.

A colocação de Implantes é uma técnica cirúrgica específica que, desde que bem planeada e corretamente executada, tem uma alta taxa de sucessos e não tem que ser uma experiência traumática, dolorosa ou com pós operatórios complicados.

O que me diferencia é desde logo a experiência: sou médica, após o internato geral fiz a especialidade de Estomatologia e após esta continuei a minha formação com +3 anos de Cirurgia Maxilofacial. Este facto obviamente deu-me uma base sólida para abordar qualquer área de Cirurgia Oral, como é o caso dos Implantes. Desta área específica tenho uma experiência vasta com muitos Implantes colocados.

Quais os Implantes que uso? 

Uso os Implantes da BTI na minha clínica. Tal como para todas as outras áreas, a minha escolha não foi ditada pelo custo dos Implantes mas sim pela sua excelência: uso os Implantes BTI há mais de 10 anos que têm provado ter um excelente comportamento na boca dos pacientes

Tenho uma alta taxa de sucesso, superior a 98%. Nos raros casos em que o Implante é rejeitado e não há osteointegração do mesmo, independentemente da causa de perda desse Implante, é colocado um novo Implante sem custos adicionais para o paciente.

Perguntas sobre Implantes Dentários

Implantes dentários, O que são?

O Implante é uma raiz sintética colocada cirurgicamente no osso do seu maxilar superior ou inferior.

Esta raiz é feita de titânio, um material largamente testado e usado desde há muitos anos, totalmente Bio- Compatível, utilizado também noutras, áreas como Próteses da anca e joelho.

Como é que se desenrola o processo de colocar um Implantes dentários?

No início faz-se um exame completo que inclui Fotografias, Radiografias e Tomografia Axial Computadorizada (TAC) para determinar exactamente a quantidade de osso existente e o Implante a ser colocado.

Após a cirurgia o Implante é normalmente deixado sem carga por um período de três a seis meses em que se dá osteointegração ao fim da qual se tiram moldes para reabilitar com uma coroa ou, no caso de múltiplos Implantes, uma ponte fixa sobre Implantes.

Em certos casos, principalmente na zona estética, podemos colocar imediatamente após a cirurgia uma coroa provisória sobre o Implante (Carga Imediata).

Dentes num dia? Implantes de carta Imediata?

Normalmente a colocação das coroas definitivas só é feita após o período de osteointegração, que é de três a seis meses.

Em alguns casos, particularmente na zona estética, podemos, desde que haja boa ancoragem óssea, colocar o Implante e uma coroa provisória no mesmo dia, são os Implantes de Carga Imediata. Estas coroas provisórias terão sempre que ser substituídas por coroas definitivas após os três a seis meses de osteointegração e vão obviamente encarecer um pouco o procedimento.

Quanto tempo dura a cirurgia de colocação de Implantes?

Tudo depende do número de Implantes a colocar e da necessidade ou não de fazer enxerto ósseo. Normalmente marco uma hora para a cirurgia de colocação de um ou dois Implantes e um período mais prolongado no caso de colocar mais Implantes.

Quantos Implantes podem ser colocados de cada vez?

Isso depende das condições e idade de cada paciente. Normalmente, no caso de múltiplos Implantes, programo a colocação de todos os Implantes que há para colocar em cada maxilar numa cirurgia.

Isto obviamente será adaptado a cada paciente e poderá haver pacientes que preferem, por motivos vários, fazer mais que uma cirurgia para cada maxilar.

Como fazer a manutenção de Implantes?

Uma vez terminada a restauração é importante manter área livre de placa bacteriana.

Tal como os dentes naturais também os Implantes acumulam Placa e Tártaro sendo por isso importante a marcação de uma Higienização seis em seis meses e cuidados diários de Higiene oral semelhantes aos dos dentes naturais: boa técnica de escovagem e uso de fio dental ou de escovilhões.

Quais os Implantes que uso na minha clínica?

Uso os Implantes da BTI na minha clínica. Tal como para todas as outras áreas, a minha escolha não foi ditada pelo custo dos Implantes mas sim pela sua excelência: uso os Implantes BTI há mais de 10 anos que têm provado ter um excelente comportamento na boca dos pacientes

Tenho uma alta taxa de sucesso, superior a 98%. Nos raros casos em que o Implante é rejeitado e não há osteointegração do mesmo, independentemente da causa de perda desse Implante, é colocado um novo Implante sem custos adicionais para o paciente.

Tabaco e implantes. Sou fumador, posso colocar implantes?

O tabaco constitui um fator de risco na colocação de implantes já que aumenta a taxa de insucessos.

Até hoje nunca perdi nenhum implante num fumador, o que não quer dizer que o risco não esteja lá, é bem comprovado por vários estudos.

Se é fumador o ideal seria aproveitar esta oportunidade para deixar de fumar ou, pelo menos, tentar reduzir o número de cigarros dia após a colocação dos implantes durante os primeiros dois a três meses.

É necessária anestesia geral para colocar Implantes?

Não é necessária de todo e a cirurgia pode fazer-se tranquilamente, e com muito menores custos, com anestesia local.

Obviamente, para pacientes muito ansiosos, há sempre a opção da anestesia geral que, na minha opinião, deverá está reservada para aqueles casos em que têm de ser feitos procedimentos de enxerto ósseo complicados com colheita do mesmo noutras partes do corpo.

Pode um Implante ser removido?

A resposta é sim. Um Implante que dá problemas ou que está colocado de forma pouco favorável para a reabilitação pode ser com o removido e substituído por outro.