Tudo o que sempre quis saber sobre Branqueamento Dentário!

Tudo o que sempre quis saber sobre Branqueamento Dentário!

  • Na Estética somos constantemente bombardeados com promessas muitas vezes não cumpridas. Saiba tudo sobre Branqueamento Dentário e aprenda a diferenciar o “Trigo do Joio” para que o seu branqueamento seja um sucesso!

Branqueamento Dentário

Tudo o que sempre quis saber sobre Branqueamento Dentário:

O que é?

Como se faz?

Quais são os principais tipos de Branqueamento Dentário?

Será o Branqueamento Dentário indicado Para Mim?

Porque é que o tratamento que fiz não deu os resultados que queria?

Quais são as contra-indicações?

Qual o Branqueamento mais eficaz?

Se alguma destas perguntas lhe interessa então este artigo é para si.

Na Estética somos constantemente bombardeados com promessas muitas vezes não cumpridas. Saiba tudo sobre Branqueamento Dentário e aprenda a diferenciar  o “Trigo do Joio” para que o seu branqueamento dentário seja um sucesso!

O Branqueamento Dentário é dos procedimentos mais usados em Dentisteria Cosmética já que, quando indicado, pode melhorar substancialmente a aparência do sorriso, tornando-o mais claro.

A nossa cultura associa dentes brancos a juventude e saúde o que explica a popularidade deste tratamento.

Para ser seguro deve ser feito exclusivamente por Dentistas já que nem todos os casos têm indicação para o fazer e deverá sempre ser precedido de um check-up radiográfico para despiste de cáries que têm de ser tratadas antes do branqueamento.

Causas de escurecimento dentário

A camada exterior do dente denomina-se esmalte e é a reflexão da luz no esmalte, conjugada com a cor da camada subjacente do dente (dentina) que determina a cor do dente (coloração intrínseca do dente).

As causa de escurecimento dos dentes são várias:

Idade:

Quanto mais fina a camada do esmalte mais transparece a cor da Dentina (mais amarela).

O esmalte vai-se desgastando e tornando mais fino com a idade e a dentina vai escurecendo o que determina o escurecimento dos dentes com o passar dos anos.

Manchas extrínsecas:

A par disso todos os dias se forma uma fina película na superfície do esmalte que vai manchar com café, chá, tabaco,etc.

Flurose Dentária:

Manchas castanhas provocadas por excessiva ingestão de flúor enquanto os dentes estão em crescimento.

Tetraciclinas (antibióticos):

Tomadas pela grávida na 2ª metade da gravides ou pela criança com menos de 8 anos; causam escurecimentos de diferentes graus de gravidade bastante difíceis de tratar.

Escurecimento localizado

Quando só um ou dois dentes apresentam côr mais escura que os restantes normalmente é devido a perda de vitalidade dos dentes em causa. Como pode verificar neste caso

Como se faz o Branqueamento Dentário?

As manchas extrínsecas são facilmente removidas com um polimento dentário feito durante a destartarização. Podem ser em grande medida evitados com uma boa técnica de escovagem (se não houver placa não há forma de reter as manchas) e evitando os alimentos responsáveis por elas.

Já a coloração intrínseca só pode ser alterada através do Branqueamento Dentário.

Este é feito com gel de Peróxido (de Carbamida ou de Hidrogénio) cujo tipo e concentração será escolhida pelo Dentista de acordo com cada caso. Pode ser feito no consultório em sessões de 30 a 45 minutos com gel em altas concentrações e em casa (com o mesmo produto em baixas concentrações colocado em moldeiras feitas à medida de cada paciente) durante um período mínimo de 2 semanas.

Da minha experiência os melhores resultados obtêm-se pela conjugação destas 2 técnicas .

O protocolo que sigo é o seguinte:

  • Observação, check up radiogáfico, fotos e moldes para confeção de moldeiras individualizadas.
  • Consulta de Higiene Oral com a Higienista Joana Freire
  • Sessão de branqueamento dentário no consultório e entrega das moldeiras e produto branqueador
  • Uso das moldeiras com o gel branqueador em casa durante 2 semanas no mínimo  (1h por dia ou durante toda a noite)

Desta forma consigo ótimos resultados que se mantêm por longos períodos de tempo (2 a 3 anos). Veja alguns casos  no meu portfólio!

OBS: Quando se faz só sessões no consultório com laser ou luz os resultados não duram mais que 6 meses…

Branqueamento dentário Interno

Ver o caso de exemplo

Em caso de dentes desvitalizados e escurecidos pode-se fazer o branqueamento dentário a partir do interior do dente. Para tal vamos usar o acesso do tratamento de canal (situado na parte de trás do dente), e colocar o produto branqueador dentro do dente por cerca de 1 semana finda a qual renovamos o produto até obter o resultado desejado .

Perguntas mais frequentes e cuidados

O Branqueamento Dentário torna os dentes mais fracos?

Nem mais fracos nem mais fortes, não tem qualquer efeito sobre o dente a não ser a alteração da cor.

O Branqueamento Dentário causa sensibilidade?

Pode haver aumento da sensibilldade dentária enquanto se está a fazer o tratamento mas que regride no final do mesmo.

As pessoas que já têm um problema de sensibilidade dentária não são boas candidatas a este tipo de tratamento.

O Branqueamento Dentário também aclara coroas de cerâmica ou facetas?

Não, não tem qualquer ação sobre elas o que deve ser explicado ao paciente antes de iniciar o tratamento.

Todas as pessoas respondem da mesma maneira ao Branqueamento Dentário?

De forma alguma: os melhores candidatos são pessoas com dentes amarelados seguidos das tonalidades acastanhadas. Dentes de coloração acinzentada ou com transparência grande do bordo incisal são péssimos candidatos.

Que cuidados devo ter durante o tratamento?

Deve evitar tudo o que possa manchar os dentes: café, vinho tinto, tabaco,etc

Em caso de sensibilidade exagerada interromper o tratamento por 1 ou 2 dias .

Não usar produto em excesso já que, além do desperdício, vai agredir desnecessáriamente as gengivas.

As pastas e elixires para Branqueamento Dentário têm a mesma eficácea que o tratamento feito no consultório e o Gel fornecido pelo seu Dentista?

Não. As concentrações e princípios activos são diferentes e a eficácea é muito menor. Eventualmente poderão ser usados na manutenção dos resultados.

As Grávidas podem fazer Branqueamento Dentário?

Não

Agora que já tem bastante informaçaõ sobre Branqueamento Dentário pode tomar a sua decisão de forma mais consciente ou perceber porque é que eventuais tentativas já feitas falharam.

Para mais informação não exite em contactar-nos

I

Leave a Comment