Reabilitação oral-Mudar a vida com um sorriso

Reabilitação oral-Mudar a vida com um sorriso

  • Tendo a minha prática fundamentada na Estética, Implantologia e Reabilitação Oral, todos os casos são fascinantes para mim mas, sem dúvida, alguns ainda conseguem surpreender-me e colocar-me desafios.

Há casos de Reabilitação Oral que ainda me surpreendem

Tendo a minha prática fundamentada na Estética, Implantologia e Reabilitação Oral, todos os casos são fascinantes para mim mas, sem dúvida, alguns ainda conseguem surpreender-me e colocar-me desafios.

Sendo também Cirurgiã Maxilo-Facial e, óbviamente, colocando muitos Implantes, orgulho-me de ser ultra conservadora do dente natural: o melhor implante do Mundo!

Neste caso consegui perservar todos os dentes da paciente (estou certa que não seria assim em muitas outras Clínicas). Isto quer dizer muito mais horas de trabalho para o profissional e mais paciência da parte de quem é tratado mas, quanto a mim, compensa largamente!

O caso da Teresa (nome fictício por privacidade) foi sem dúvida, especial.

Teresa tem 49 anos, é Administrativa de Contabilidade  e compareceu à minha consulta para mudar uma situação que se arrastava há muito e que ela tinha consciência que teria chegado a um ponto onde uma intervenção drástica seria necessária se queria manter os seus dentes.

Antes da Reabilitação Oral foram necessárias muitas horas de tratamento de cáries, endodontias, cirurgia gengival, num trabalho exaustivo de tratamento de dentes que, em alguns casos, parecia estarem perdidos. Não foi extraído nenhum dente.

Passada esta fase foram enviados os modelos para o laboratório onde se projectou a Reabilitação Oral e foram confecionados os provisórios já com a nova forma e alinhamento dos dentes.

Numa consulta de várias horas prepararam-se os dentes de ambas as arcadas, fez-se cirurgia regularizador da gengiva (gengivoplastia), moldes e colocou-se a Reabilitação Oral provisória já com o novo “look” para testarmos como o que tinha sido projectado se enquadrava na boca e face da paciente.

Para reabilitar este caso foram usadas várias técnicas de Protese Fixa: Facetas de Cerâmica, Coroas de Cerâmica e Pontes de Zircónio que no conjunto criaram uma estética natural e corrigiram as várias alterações da oclusão (forma como os dentes encaixam uns nos outros) que a Teresa apresentava.

O resultado desta Reabilitação Oral não podia ter-nos deixado mais felizes e a mudança, que foi dramática, deu à paciente o sorriso que nunca teve mas respeitando as regras de estética sendo por isso muito natural.

Veja então as fotos deste caso espetacular de Reabilitação Oral:

Colocamos algumas perguntas à paciente para compreender como vivenciou todo este processo.

Entrevista:

Dra.Paula: Sei que tem uma história longa de problemas dentários. Fale-nos um pouco dessa história

Teresa: Eu lembro-me que ainda era gaiata, pequenina, comecei logo a ir não sei quantas vezes ao Dentista e logo aí já me estavam a querer sempre arrancar dentes. Era tudo para arrancar, a minha Mãe é que não deixou, se não agora já não tinha nenhum.

Sempre tive essa “sentença”, que era para arrancar e, aos 18 anos, fui fazer um grande tratamento convencida que seria nessa altura que ía mesmo ficar sem dentes.

Felizmente não foi assim, fui lá imensas vezes  e arranjei a boca toda.

Depois disto fiz um novo arranjo grande há cerca de 14 anos e, nos intervalos, estava sempre a aparecer uma nova cárie, um dente que se ía “desmoronando”

Dra.Paula: Como é que se sentia com o seu sorriso?

Teresa: (Silêncio… )Nos últimos tempos eu sei que estava mais consciente dos dentes porque já estavam mesmo degradados e começava a esconder os dentes com o lábio superior para disfarçar.

Dra.Paula: Como é que nos encontrou?

Teresa: Eu no início ainda estava à procura de um Médico para fazer outra vez arranjos, mas depois pensei: isto já está tão mau, com tantos acrescentos, que já não vai aguentar mais remendos e cai tudo. Então mudei de tática, é agora que isto vai ter uma grande obra. Andei na Net à procura de um sítio que fosse perto de mim, para eu não andar a ir para não sei onde, e que fosse Especialista na área para fazer esta “recauchutagem”.

Dra.Paula: O que é que a levou a escolher-nos?

Teresa: Eu mais ou menos andei a tentar fugir dessas Clínicas que há agora por todo o lado e que não me inspiravam confiança. Eu gostei mais da sua Clínica pequena, personalizada, mais dedicada a esta área.

Dra.Paula: Como é que foi a sua experiência durante esta mudança tão radical e que envolveu tantos tratamentos?

Teresa: Correu tudo bem

Dra.Paula: E agora que acabámos está contente com os resultados?

Teresa: Estou muito, embora no início, custou-me um pouco a habituar à nova imagem dos dentes de cima. Não é que não estivessem bonitos e naturais, que estavam, mas eram tão diferentes dos meus dentes de toda a vida…Estranhei mas agora estes já são “os meus dentes”, não tem aquele ar de “OK, isto é tudo falso”

Dra.Paula: O que é que a mudança veio trazer à sua vida?

Teresa: Sinto-me muito mais à vontade, já não tenho que disfarçar o sorriso.

Dra.Paula: Os outros notam que está diferente?

Teresa: Como todos sabiam mais ou menos que eu andava a fazer isto notam e gostam